Português - 6ºano - Exercícios com respostas


Descuido com a Natureza

Os efeitos da poluição e destruição da natureza são desastrosos: se um rio é contaminado, a população inteira sofre as consequências. A poluição está prejudicando os rios, mares e lagos; em poucos anos, um rio sujeito a poluição poderá estar completamente morto. Para despoluir um rio gasta-se muito dinheiro, tempo e o pior: mais uma enorme quantidade de água. Os mananciais também estão em constante ameaça, pois acabam recebendo a sujeira das cidades, levada pela enxurrada junto com outros detritos.

Fonte: Adaptação: http://www.tvcultura.com.br/aloescola/ciencias/aguanaboca/index.htm

1. O tema tratado no texto é:
a) Poluição da água. 
b) Poluição da natureza.
c) Conservação da água.
d) Conservação da natureza.

Leia a tirinha da Mafalda.


2. A expressão de Mafalda, no último quadrinho, revela:
a) Satisfação.
b) Aborrecimento.
c) Alegria.
d) Realização.

Leia os textos I e II para responder as questões:

Texto I


Manual de etiqueta sustentável
50 Dicas para enfrentar o aquecimento global e outros desafios da atualidade.

“Passe adiante este manual. Discuta-o com os amigos, vizinhos, o pessoal do prédio. Disseminar as práticas aqui sugeridas é uma atitude sustentável. Depois de lido e discutido, recicle a revista. Ou faça origamis, calço de mesa. Aproveite o embalo para ajudar uma ONG. Melhor: invente sua própria ONG e cobre ações de seus representantes. O futuro a gente faz agora”.

Fonte: http://planetasustentavel.abril.com.br/cartilha/

Texto II

“Nossas ideias comprometidas com o bem comum, são como sementes. Se as guardamos, nunca darão frutos. Se as distribuímos, estamos possibilitando que os outros as plantem e colham os frutos de um novo mundo, melhor e possível.”
Beatriz Dornelas

Fonte: http://noticias.ambientebrasil.com.br/noticia/?id=21414

3. Os textos lidos tratam do mesmo assunto. Sobre o que eles falam:
a) A necessidade de plantar árvores.
b) A valorização da conversa entre os amigos.
c) Os cuidados que devemos ter ao plantar e colher.
d) A importância de partilhar ideias e práticas visando o bem comum.

Leia os textos retirados do livro “Bem-te-li”, produzido por alunos da 4ª série:

“É comum grandes áreas de floresta e reservas ambientais serem devastadas pelas queimadas causadas por agricultores. Para preparar a terra para novas plantações, põem fogo no mato seco, sem nenhum cuidado. Aí o fogo se alastra, queimando tudo. Quantos desastres ecológicos já aconteceram desse jeito? Seria bom se o homem do campo fosse orientado para o preparo da terra, sem precisar fazer queimadas”.

Fonte: Felipe Freire de Aragão, 13 anos. Livro Bem-te-li. 4ª Série. p. 168.

“Não dá para aceitar a atitude de alguns brasileiros que sujam nossas praias, parques e ruas, e, quando viajam para o exterior, dão uma de educados. Lixo esparramado é um problema de saúde, além de deixar a cidade feia. Assim, é preciso que a população se interesse pelo ambiente, não apenas da boca prá fora. Se cada um tirar sua própria sujeira do caminho de todos, vamos conseguir viver num lugar mais limpo e melhor”.

Fonte: Caio Sergio M. Brasil Borges, 11 anos.Livro Bem-te-li. 4ª série, p.168.

4. Os dois textos tratam:
a) Das reservas ambientais.
b) Da falta de cuidados com o meio ambiente.
c) Do lixo nas cidades.
d) Dos cuidados com o preparo da terra.

Leia o texto abaixo:

Juquinha

Juquinha foi visitar o Museu Histórico. Aí cansou de andar, sentou-se numa cadeira belíssima que estava no centro da sala. Veio o guarda:
— Meu filho, não pode sentar nesta cadeira não. Esta cadeira é do Pedro I.
E o Juquinha:
— Não tem problema. Quando ele chegar eu me levanto!

5. Nessa anedota o humor é criado:
a) Porque Juquinha cansou de andar.
b) Porque Juquinha não compreendeu o sentido da fala do guarda.
c) Porque o museu era histórico.
d) Porque a belíssima cadeira estava no centro da sala.

Operário

O operário pegou o minguado salário em notas fedorentas, rasgadas, imundas.
Olhou para o caixa com cara tão desconsolada que o caixa disse:
— Espero que você não tenha medo de micróbios!
— Micróbios? Que micróbios podem sobreviver com um salário desses?

6. Há um traço de humor no trecho:
a) O operário pegou o minguado salário.
b) Espero que não tenha medo de micróbios!
c) Que micróbios podem sobreviver com um salário desses?
d) Notas fedorentas, rasgadas e imundas.

Leia a piada abaixo para responder a questão:

Joãozinho chega para a professora e pergunta:
— Professora, alguém pode ser culpado por alguma coisa que não fez?
— Mas é claro que não, Joãozinho!
— Ufa! Eu não fiz o dever de casa.

Fonte: http://www.piadas.com.br/piada.php?id=50616&cod=1&tablerow=9

7. O humor nesta piada consiste:
a) Na expressão “alguém pode ser culpado por alguma coisa que não fez”. 
b) Na expressão “Mas é claro que não, Joãozinho!”
c) Na expressão “Ufa! Eu não fiz o dever de casa.”
d) No diálogo estabelecido entre Joãozinho e a professora.

Leia as manchetes abaixo:


Meu gato tem um olho azul e outro marrom

Li no G1 uma reportagem sobre uma gata da Arábia Saudita portadora de olhos de cores diferentes. O que chamou a minha atenção foi o fato de eu também ter um gato com as mesmas características dessa gata saudita encontrada em Riyadh. A diferença é que meu gato é persa, nasceu no Brasil e mora aqui em casa, em Foz do Iguaçu. O nome dele é Bunny. Ele tem um olho azul e outro marrom.

Fonte: http://g1.globo.com/VCnoG1/0,,MUL102277-8491,00.html

Cadela com marca de coração ganha mãe

Julie, a cachorrinha de Goiatuba (GO) que ficou famosa por ter uma mancha em formato de coração, ganhou uma mãe adotiva. A cadela Xuxa, que vive na mesma casa que Julie, nunca deu à luz, mas adotou o filhote e passou inclusive a amamentá-lo.

Fonte: http://g1.globo.com/VCnoG1/0,,MUL97102-8491,00.html

8. As duas manchetes acima estão se referindo a:
a) Bichos que possuem olhos de cores diferentes.
b) Gatos da Arábia Saudita que possuem marcas de coração.
c) Cachorro do Paraná que possui olhos de cores diferentes.
d) Animais de estimação que possuem características incomuns à espécie. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário