Exercícios de história para 7ºano


QUESTÃO 1

Até o século XV, os livros eram caros, copiados à mão, feitos por encomenda. A inovação do uso de tipos móveis de impressão por Gutenberg objetivava apenas baratear os livros: estima-se que conseguiu um preço final 30 vezes menor que o do exemplar copiado à mão.


A inovação técnica descrita no texto contribuiu culturalmente para
(A) divulgar os arquivos reais.
(B) ampliar o acesso à informação.
(C) combater o analfabetismo adulto.
(D) facilitar a troca de correspondências. 


QUESTÃO 2

Em Cusco, no Peru, a gente se surpreende o tempo todo com a capacidade e a inteligência dos Incas. Na região, encontramos terraços com degraus gigantescos. E eles têm um motivo: existe uma diferença de, pelo menos, 10 graus de temperatura entre a parte mais baixa e a parte mais alta dos terraços. Na parte de cima é mais frio e na parte debaixo, mais quente. Segundo os estudiosos, os Incas usavam essa diferença para testar o plantio de vários tipos de alimentos.


A técnica descrita no texto permitiu que os Incas se destacassem pela
(A) ampliação da navegação marítima.
(B) destruição dos ecossistemas existentes.
(C) produção agrícola diversificada do império.
(D) exploração da mineração em minas de pratas.


QUESTÃO 3

Sergipe possui o único testemunho dos 60 anos (1580-1640) de união entre Portugal e Espanha do Período Colonial na cidade de São Cristóvão.


A cidade é considerada um registro único e autêntico de um fenômeno urbano singular ocorrido no Brasil, com a fusão das influências das legislações e práticas espanhola e portuguesa na formação de núcleos urbanos coloniais.

Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/se

A implantação de locais como o que aparece na imagem e está descrito no texto fazia parte da política colonial espanhola e portuguesa que buscava garantir
(A) o domínio territorial.
(B) a habitação popular.
(C) a migração em massa.
(D) o enriquecimento dos nativos.

QUESTÃO 4

O povo Inca viveu na região da Cordilheira dos Andes por, pelo menos, três séculos, formando um grande império. Quando os espanhóis chegaram na região, em 1561, já encontraram funcionando um sistema de irrigação e abastecimento de água, que era simples, mas muito funcional. Aproveitando o caminho natural das águas, os índios construíam pequenas acéquias, que são canais escavados na terra. Eles conduziam a água do rio até as casas e lavouras usando apenas a força da gravidade. Muitas acequias existem até hoje.


Para criar o sistema apresentado, os Incas utilizaram
(A) extração mineral e produtos químicos.
(B) práticas industriais e economia de mercado.
(C) conhecimentos técnicos e adaptação geográfica.
(D) tradições monárquicas e navegação expansionista.


QUESTÃO 5

No século XIX, com o aparecimento do navio de ferro a vapor, as ferrovias, os novos meios de comunicação telegráficos e telefônicos, possibilitou-se um aumento dos fluxos de intercâmbio comercial entre os países e uma nova onda de crescimento econômico.

Disponível em: http://books.scielo.org

As invenções descritas no texto são decorrentes do contexto histórico de
(A) guerras mundiais.
(B) crises financeiras.
(C) revoluções comunistas.
(D) transformações industriais.


QUESTÃO 6

Em 1888, as fugas em massa aumentaram rapidamente – na Bahia, no Paraná, no Rio de Janeiro, em São Paulo... Outros escravizados simplesmente passaram a se recusar a trabalhar nas plantações de cana e café até que seus senhores os libertassem. Os fazendeiros começaram a distribuir alforria, na esperança de que os trabalhadores ficassem gratos a eles por seu gesto “generoso”. Neste ano, mais de 90% dos escravizados já tinham conquistado a liberdade.

FERNANDES, Dirley. O que você sabe sobre a África: uma viagem pela história do continente e dos afro-brasileiros. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2016 (adaptado).

Esses acontecimentos culminaram na assinatura da Lei
(A) Áurea.
(B) Eusébio de Queiroz.
(C) dos Sexagenários.
(D) do Ventre livre

QUESTÃO 7

Como a agricultura era a atividade mais importante, a terra era o meio de produção fundamental. Ter terra significava a possibilidade de possuir riquezas, por isso preservou-se o caráter estamental da sociedade. Os proprietários rurais eram denominados Senhores Feudais, enquanto que os trabalhadores camponeses eram denominados servos.
O feudo era a unidade produtiva básica. Imaginar o feudo é algo complexo, pois ele podia apresentar muitas variações, desde vastas regiões onde encontramos vilas e cidades em seu interior, como grandes “fazendas” ou mesmo pequenas porções de terra.


O texto se refere à unidade de produção predominante no período histórico denominado
(A) Pré-história.
(B) Idade Média.
(C) Idade Antiga.
(D) Idade Contemporânea.


QUESTÃO 8

No início da expansão marítima portuguesa, durante as primeiras viagens às costas atlânticas do Saara, os lusitanos desembarcavam seus cavalos e lançavam-se, como desesperados, sobre pequenos acampamentos de nômades berberes. Após grossa pancadaria, voltavam exultantes aos navios, com alguns cativos, que eram levados a Lagos, no sul de Portugal, onde eram vendidos.
À medida que avançavam ao longo da costa, os lusitanos foram compreendendo que deviam superar esses métodos primários de aprisionamento de cativos. Ao entrarem na África Negra, as populações, em maior número do que as da costa do Saara e do Sahel, mostraram-se agressivas. Não raro, ao irem à caça de cativos, os lusitanos recebiam mais pancadas do que distribuíam.

MAESTRI, Mário. O escravismo no Brasil. São Paulo: Atual, 1994.

As primeiras experiências de obtenção de escravos africanos pelos portugueses foram
(A) fáceis, visto que os nativos africanos recebiam bem os portugueses.
(B) fáceis, pois os africanos eram dóceis e estavam acostumados ao trabalho pesado.
(C) difíceis, já que os africanos foram resistentes às tentativas de escravidão.
(D) difíceis, pois os africanos atacavam os lusitanos com forte armamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário