Exercícios de história para 8ºano


QUESTÃO 1

A morte de Luís XVI foi o ápice da Revolução Francesa, desencadeada por enormes problemas econômicos e políticos, além do grave conflito social que abalava a França no final do século XVIII. Luís XVI e a família real foram considerados como os principais responsáveis por essa situação e por isso terminaram destronados, processados e quase todos guilhotinados.


As mortes citadas no texto estão relacionadas com o período da Revolução Francesa denominado
(A) Fase do Terror.
(B) Governo do Diretório.
(C) Guerras Napoleônicas.
(D) Monarquia Constitucional.

QUESTÃO 2

Estima-se que mais de 250 línguas sejam faladas no Brasil entre indígenas, de imigração, de sinais, crioulas e afro-brasileiras, além do português e de suas variedades. Esse patrimônio cultural é desconhecido por grande parte da população brasileira, que se acostumou a ver o Brasil como um país monolíngue.


A situação descrita no texto é explicada historicamente pela
(A) dizimação dos nativos nos tempos coloniais.
(B) diversidade da ocupação do território nacional.
(C) imposição do idioma do colonizador europeu.
(D) descontinuidade dos quilombos de escravos fugidos. 

QUESTÃO 3

Vendo nós que estávamos em país novo e que não podíamos ser entendidos, concluímos que passar mais adiante era inútil, porque calculamos que iríamos encontrar linguagens cada vez mais novas e que, não as podendo entender, não poderiam ser feitas coisas novas. E, assim, determinamos voltar para trás.

CADAMOSTO, Luís de. Viagens de Luís de Cadamosto e de Pedro de Sintra. Lisboa: Academia Portuguesa da História, 1988, p. 172 (adaptado).

No trecho do relato da viagem que fez a serviço da coroa portuguesa, o navegador do século XV Luís de Cadamosto destaca que, para a realização de trocas comerciais, era necessário que houvesse 
(A) populações com estruturas habitacionais desenvolvidas.
(B) praias com segurança para atracar as embarcações.
(C) locais com abundância de metais preciosos.
(D) comunicação com os povos encontrados.

QUESTÃO 4


O jongo é uma forma de expressão que integra percussão de tambores, dança coletiva e elementos mágico-poéticos. Tem suas raízes nos saberes, ritos e crenças dos africanos, sobretudo dos de língua bantu. É cantado e tocado de diversas formas, dependendo da comunidade que o pratica. Consolidou-se entre os homens e mulheres que trabalhavam nas lavouras de café e cana-de-açúcar, localizadas no Sudeste brasileiro, principalmente no vale do Rio Paraíba do Sul.

Disponível em: http://mapadecultura.rj.gov.br

A permanência da forma de expressão descrita no texto é um exemplo cultural de
(A) imposição dos costumes europeus.
(B) resistência dos povos escravizados.
(C) disseminação dos ritmos indígenas.
(D) valorização das tradições bandeirantes.


QUESTÃO 5

Com o fim da escravidão e o início da República, a capoeira é inserida, “com todas as letras”, no Código Penal Brasileiro por meio do decreto de 11 de outubro de 1890, que assim dizia: 
Art. 402. Fazer nas ruas e praças públicas exercícios de agilidade e destreza corporal, conhecidos pela denominação capoeiragem; andar em correrias, com armas ou instrumentos capazes de produzir uma lesão corporal, provocando tumulto ou desordens, ameaçando pessoa certa ou incerta, ou incutindo temor ou algum mal.
Pena: De prisão celular de dois meses a seis meses.

Disponível em: http://portal.iphan.gov.br

No contexto do início da República, o código penal apresentado indica que houve, no Brasil, após a abolição da escravidão a
(A) contratação dos povos alforriados.
(B) incorporação dos esportes populares.
(C) criminalização de costumes africanos.
(D) valorização de comunidades quilombolas.

QUESTÃO 6

Esta Revolução é considerada como o acontecimento que deu início à Idade Contemporânea. Aboliu a servidão e os direitos feudais e proclamou os princípios universais de Liberdade, Igualdade e Fraternidade.


A célebre frase faz referência à Revolução
(A) Francesa.
(B) Industrial.
(C) Inglesa.
(D) Russa.


QUESTÃO 7

A Revolução concentrou os trabalhadores em fábricas. O aspecto mais importante, que trouxe radical transformação no caráter do trabalho, foi esta separação: de um lado, capital e meios de produção (instalações, máquinas, matéria-prima); de outro, o trabalho. Os operários passaram à condição de assalariados dos capitalistas (donos do capital).
Uma das primeiras manifestações da Revolução foi o desenvolvimento urbano. Londres chegou a um milhão de habitantes em 1800. O progresso deslocou-se para o norte. Centros como Manchester, na Inglaterra, abrigavam massas de trabalhadores, em condições miseráveis. Crianças começavam a trabalhar aos 6 anos de idade. Não havia garantia contra acidente nem indenização ou pagamento de dias parados neste caso.

Disponível em: http://www.culturabrasil.org

O processo histórico apontado no texto ficou conhecido pelo nome de
(A) Revolução Inglesa.
(B) Revolução Gloriosa.
(C) Revolução Industrial.
(D) Revolução Socialista.

QUESTÃO 8

O texto se refere ao processo de independência dos países latino-americanos de colonização espanhola. Entre as principais consequências do processo de emancipação da América espanhola merecem destaque: a conquista da independência política, a consequente divisão política e a persistência da dependência econômica dos novos Estados. O processo de independência propiciou, sobretudo, a emancipação política, ou seja, uma separação da metrópole através da quebra do pacto
colonial. A independência política não foi acompanhada de uma revolução social ou econômica: as velhas estruturas herdadas do passado colonial sobreviveram à guerra de independência e foram conservadas intactas pelos novos Estados soberanos.


A independência dos países latino-americanos ficou restrita à esfera
(A) cultural.
(B) econômica.
(C) política.
(D) social.

Nenhum comentário:

Postar um comentário