Egito Antigo: os hieróglifos - Exercício 7ºano com gabarito - Habilidade EF06HI07


Fonte: OLIVEIRA, Francis Lousada Rubini de. A escrita sagrada do Egito antigo: dicionário hieróglifo-português. Ibitirama: Ed. do Autor, 2008. p. 23. 

No Egito Antigo, os hieróglifos eram a forma mais comum de escrita. Contudo, apenas os escribas, considerados nobres, dominavam as técnicas necessárias para registrar elementos da religião, da sociedade e da política egípcia.
Observe alguns dos símbolos utilizados pelos escribas e seus respectivos significados em português e responda:

a) Identifique o símbolo que se repete três vezes na imagem. De que forma seu significado se altera quando associado a outros símbolos?

b) Qual era a importância da escrita para o povo egípcio?


GABARITO COMENTADO 

Habilidade avaliada
EF06HI07: Identificar aspectos e formas de registro das sociedades antigas na África, no Oriente Médio e nas Américas, distinguindo alguns significados presentes na cultura material e na tradição oral dessas sociedades.

a) Os estudantes devem identificar o primeiro símbolo, que representa uma abelha, como aquele repetido três vezes. Porém, suas variações referem-se aos termos “mel”, “Rei do Baixo Egito” e “O portador do selo Real (Título de autoridade)”, indicando ao leitor que no hieróglifo só é possível compreender o sentido se houver a leitura conjunta dos símbolos, ou seja, não se deve ler cada símbolo isoladamente. Os termos são associados a um regime provavelmente monárquico, baseado numa mão de obra servil ou escrava, conforme a atribuição das palavras do dicionário. Oriente os estudantes na compreensão da imagem e ressalte que as formas de escrita da Antiguidade eram diferentes das atuais, por isso, devemos ler esses documentos de outra maneira.

b) Para o povo egípcio a escrita era importante para registrar suas crenças, seu comércio e sua economia. Nas tumbas dos faraós a escrita contava qual era o caminho que o faraó iria percorrer em sua vida após a morte e funcionava como um mapa do submundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário