Gênero entrevista 9ºano - Exercício com gabarito (EF69LP16)

Leia o trecho da entrevista realizada com Ruth Rocha, escritora de livro infanto-juvenil, para responder à questão.

Sãopaulo ‒ Quando você decidiu que gostaria de escrever livros infantis?
RUTH ROCHA ‒
Minha história é engraçada. Eu achava que não sabia escrever para crianças. Fui trabalhar na revista "Recreio", e a diretora me ouviu contando uma história para a minha filha. Ela começou a me chatear para escrever uma história. Um dia, fui pra casa dela, e ela me trancou. [Risos] É verdade. Não estava trancada para valer, porque era uma casa térrea e tinha janelas. Eu podia fugir, mas fiquei escrevendo.

Qual foi a primeira história que você escreveu? Foi "Romeu e Julieta", sobre duas borboletas que queriam namorar, mas não podiam porque tinham cores diferentes.

Quem foi sua referência na escrita? Foi Monteiro Lobato. Minha mãe lia quando eu era pequena. Mas também tive influência do meu avô, que contava histórias. Ele contava de tudo: Grimm, Perrault, Andersen... e isso me marcou muito.

Jornal Folha de S.Paulo.
Disponível em: <www1.folha.uol.com.br/saopaulo/2014/05/1458416-escritora-ruth-rocha-participa-de-batepapo-em-sp-leia-entrevista.shtml >. 

Você já estudou o gênero entrevista. Relembre: onde uma entrevista pode ser publicada e quais as suas partes? Todas estão presentes na que você acabou de ler?

___________________________________________________________________________________

___________________________________________________________________________________

___________________________________________________________________________________

___________________________________________________________________________________

GABARITO COMENTADO 

Prática de Linguagem: 
Análise linguística/semiótica

Objeto (s) de conhecimento:
Construção composicional

Habilidade:
(EF69LP16)
Analisar e utilizar as formas de composição dos gêneros jornalísticos da ordem do relatar, tais como notícias (pirâmide invertida no impresso × blocos noticiosos hipertextuais e hipermidiáticos no digital, que também pode contar com imagens de vários tipos, vídeos, gravações de áudio etc.), da ordem do argumentar, tais como artigos de opinião e editorial (contextualização, defesa de tese/opinião e uso de argumentos) e das entrevistas: apresentação e contextualização do entrevistado e do tema, estrutura pergunta e resposta etc.

Grade de correção

100% O aluno responde que as partes são título, apresentação, perguntas e respostas. Diz que na que lemos estão presentes apenas uma delas: perguntas e respostas. Menciona ainda que entrevistas podem ser encontradas em jornais, revistas, programas de TV e rádio, blogues e sites na internet.

50% O aluno identifica pelo menos duas das partes da entrevista e cita apenas alguns dos portadores, como jornais e revistas.

0% O aluno indentifica apenas entrevistado e entrevistador e não menciona partes da entrevista nem locais onde são publicadas.

Orientações sobre como interpretar as respostas e reorientar o planejamento com base nos resultados:
Para que os alunos retomem o estudo da estrutura composicional de entrevista, leve para a sala de aula outros trechos de entrevistas. Faça uma leitura coletiva dos textos, em sala de aula, e solicite a eles que identifiquem as partes de uma entrevista, assim como em que portadores foram publicadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário