Análise de textos informativos com reflexão sobre o sistema de escrita - 1ºano fundamental (plano de aula BNCC)

 

APRESENTAÇÃO 
O tema “animais” desperta o interesse e a curiosidade das crianças desde pequenas. Tendo esse pano de fundo, a presente sequência oferece diversas oportunidades para as crianças se colocarem como leitoras, mesmo que ainda não o sejam com autonomia. Nesse contato com os textos, além de aprenderem sobre o gênero informativo e seu uso social, elas podem refletir a respeito do sistema de escrita e avançar em suas hipóteses. A sequência engloba práticas de linguagem diversas, tais como: leitura exploratória para aprender mais sobre um assunto, leitura para buscar informações (pesquisa), registro de informações pesquisadas e produção de pequenos textos informativos e de curiosidade. Para isso, os alunos são convidados a produzir um mural de curiosidades sobre animais, compartilhando seus saberes com a comunidade escolar. 
É importante que as crianças se sintam instigadas a pesquisar pelo desejo de conhecer mais sobre algum assunto. Nesse sentido, o professor deve estar atento aos temas que são relevantes para seu grupo e trabalhar com esses temas, adaptando a atividade proposta neste material.

OBJETIVO GERAL 
Produzir um mural de curiosidades sobre animais para compartilhar informações com a comunidade escolar.

OBJETIVO ESPECÍFICO 
Favorecer o desenvolvimento das seguintes habilidades do componente curricular Língua Portuguesa:

(EF01LP13) Identificar a função sociocomunicativa de textos que circulam em esferas da vida social das quais participa, reconhecendo para que tais textos foram produzidos, onde circulam, quem produziu, a quem se destinam. 
(EF01LP19) Planejar, com a ajuda do professor, o texto que será produzido, considerando a situação comunicativa, os interlocutores (quem escreve/para quem escreve); a finalidade ou o propósito (escrever para quê); a circulação (onde o texto vai circular); o suporte (qual é o portador do texto); a linguagem, organização, estrutura; o tema e assunto do texto. 
(EF01LP07) Ler palavras e pequenos textos, apoiando-se em pistas gráficas e semânticas. 
(EF01LP08) Ler, em textos, palavras conhecidas via memória ou relacionadas à sua experiência pessoal (nomes próprios, nomes dos dias do ano, da semana, marcas de produtos etc.).
(EF01LP10) Formular hipóteses sobre o conteúdo dos textos, com base no manuseio dos suportes, observando formato, informações da capa, imagens, entre outros, confirmando, ou não, as hipóteses realizadas. 
(EF01LP12) Buscar, selecionar e ler textos que circulam em meios impressos ou digitais para satisfazer curiosidades. 
(EF01LP24) Reconhecer o sistema de escrita alfabética como representação dos sons da fala. 
(EF01LP16) Escrever, espontaneamente ou por ditado, palavras e frases de forma alfabética – usando letras/grafemas que representem fonemas. 
(EF01LP20) Escrever, em colaboração com os colegas e com a ajuda do professor, agendas, bilhetes, recados, avisos, convites, listas e legendas para fotos ou ilustrações, considerando a situação comunicativa e o tema/assunto do texto. 
(EF01LP22) Rever, com a colaboração do professor e de colegas, o texto produzido individualmente ou em grupo. 
(EF01LP23) Editar a versão final do texto, em colaboração com os colegas e com a ajuda do professor, ilustrando, quando for o caso, em portador adequado impresso ou eletrônico.

METODOLOGIA 

ETAPA 1
(3 aulas)

Conteúdo específico
Aproximação do gênero informativo. Leitura. Sistema de escrita.

Gestão dos estudantes:
Alunos coletivamente e em duplas.

Recursos didáticos:
Livros informativos e textos impressos de curiosidades sobre animais.

Habilidades 
 (EF01LP07); (EF01LP10); (EF01LP13); (EF01LP24).

Encaminhamento
Leve um livro com informações sobre animais para a sala de aula. Oriente e ajude as crianças a sentarem formando uma roda. Mostre o livro a elas e pergunte sobre o que trata o livro. Peça para que observem a capa e para que digam qual pode ser o título. Folheie brevemente para que as crianças observem as páginas. Pergunte se acham que se trata de um livro de histórias. Peça para que justifiquem suas respostas. Esclareça a elas que esse livro não tem histórias, mas informações sobre animais. Pergunte se sabem como se lê um livro desse tipo (se é necessário ler do começo ao fim, todas as páginas, etc.). Avise as crianças que hoje você fará a leitura de uma das partes apenas, que trata a respeito de um animal. Exemplifique o procedimento de procurar no índice o número da página. Pergunte à turma se querem ouvir sobre outro animal. Leve esse e/ou outros livros para ler durante alguns dias na roda. 
Depois de algumas leituras, escolha um animal e leve textos impressos para as crianças terem em mãos e acompanharem a leitura. É importante que você mostre a fonte original para que compreendam que esses textos não existem apenas no âmbito escolar e que foram retirados de um portador. Explique que, para todos poderem acompanhar a leitura, você fez cópias, para lerem em duplas. Caso esses textos estejam originalmente escritos em letra de imprensa, transcreva em letra bastão, por ser mais conhecida das crianças. Pergunte de que animal acham que o texto trata. Peça para que confirmem ou refutem suas hipóteses conferindo no próprio texto. 

ETAPA 2
(1 aula)

Conteúdo específico:
Análise de textos informativos.
Procedimento de pesquisa bibliográfica. 

Gestão dos estudantes:
Alunos coletivamente e em duplas.

Recursos didáticos:
Livros sobre animais, revistas científicas, livros de literatura e gibis.

Habilidades 
(EF01LP13); (EF01LP19); (EF01LP07); (EF01LP08); (EF01LP10); (EF01LP12); (EF01LP24).
Encaminhamento
Diga às crianças que elas estão lendo bastante sobre animais, e que têm muitas informações sobre esse assunto e que, agora, elas já podem fazer um mural de curiosidades para compartilhar suas descobertas com as demais crianças da escola. Pergunte o que devem fazer para elaborar um mural interessante e com informações corretas, ou seja, onde podem pesquisar. 
Organize a turma em quartetos e distribua alguns livros e revistas que tratam sobre animais e também sobre outros assuntos para cada grupo. Oriente-os a separarem os livros que imaginam que servem para pesquisa e os que não servem. Circule entre os grupos, pedindo para que justifiquem suas hipóteses e fazendo intervenções na leitura dos títulos. Caso não haja livros e revistas em quantidade suficiente para todas as crianças do grupo, sugira que metade delas fique com os materiais, e que as demais registrem em uma folha à parte o nome de um animal sobre o qual gostariam de saber mais. Ao final dessa atividade, organize uma conversa coletiva para decidirem que tipo de informações irão pesquisar sobre os animais e qual animal querem pesquisar. Você pode escrever na lousa os descritores sugeridos pelas crianças, como: alimentação, peso, tamanho, hábitat, tempo de gestação, tempo médio de vida. Para que as crianças consigam enfrentar o desafio de ler mesmo sem saber fazê-lo convencionalmente, limite a quantidade de descritores para quatro ou cinco.

ETAPA 3
(3 aulas)

Conteúdo específico:
Pesquisa bibliográfica.
Leitura.
Reflexão sobre o sistema de escrita.

Gestão dos estudantes:
Alunos em duplas. 

Recurso didático:
Textos impressos sobre animais.

Habilidades 
(EF01LP07); (EF01LP08); (EF01LP12); (EF01LP16); (EF01LP20).

Encaminhamento
Procure textos sobre os animais que os grupos escolheram na aula anterior. Faça cópias ou digite os textos em letra bastão para que possam fazer marcas no texto. É importante constar a fonte de onde o texto foi retirado. Entregue também uma ficha para cada equipe com os critérios combinados coletivamente na aula anterior. Veja um modelo de ficha:

Para que os alunos consigam fazer a leitura mesmo sem saber ler convencionalmente, é necessário que tenham ajuda suficiente do professor. Para isso, esclareça às crianças que você irá chamá-las em duplas para fazerem a leitura, enquanto as demais ficam responsáveis por pesquisar as características do animal escolhido e começar a desenhá-lo. Deixe vários materiais, revistas e livros à disposição das crianças para que observem características físicas dos animais e as incluam em seus desenhos.
Enquanto estiver com as duplas, faça uma leitura em voz alta do texto que elas têm em mãos e peça que acompanhem enquanto você lê em voz alta. Oriente-as, quando o texto trouxer alguma das informações que elas estão procurando (os descritores), a solicitar a você que pause a leitura. Deixe que escrevam de acordo com suas hipóteses a informação encontrada, até porque a ideia não é que copiem do texto-fonte, mas compreendam a leitura feita em voz alta pelo professor e a reelaborem com suas próprias palavras. 

ETAPA 4
(2 aulas)

Conteúdo específico:
Revisão de texto. Reflexão sobre o sistema de escrita. 

Gestão dos estudantes:
Alunos em quartetos. 

Recurso didático:
Fichas preenchidas na aula anterior.

Habilidades 
(EF01LP22); (EF01LP23).

Encaminhamento
Organize os alunos nos quartetos formados pelas duplas das etapas anteriores. As duplas devem trocar os textos e dar dicas para melhorar a escrita dos colegas. Converse com a turma sobre a postura que devem ter para fazer comentários na produção de outros. Diga que devem ser respeitosos e lembrar que no 1º ano todos estão aprendendo a ler e a escrever e, por isso, escrevem de jeitos diferentes. Durante a revisão, as duplas devem intercambiar hipóteses, e não apenas “corrigir” os colegas. Para isso, é importante que haja na sala um ambiente colaborativo, do qual o professor é o principal modelo. Em outras palavras, para que os alunos respeitem a escrita dos colegas, é importante que observem que o próprio professor valoriza a diversidade de conhecimento. Devem perceber que o valor está no empenho de cada um para realizar as atividades da melhor maneira que puderem. Esclareça que a revisão dos colegas são sugestões e que cada dupla deve, depois da discussão, decidir se quer modificar o texto ou não.
Terminada a revisão, observe se alguma dupla precisa passar a ficha a limpo (caso tenham apagado muitas vezes). Ofereça cartolinas coloridas para que organizem os textos e as ilustrações. Escolham uma parede da escola de fácil acesso e visibilidade para os demais alunos da escola e os pais e, junto com a turma, organizem o mural. De volta à sala, escrevam coletivamente um convite informando pais e professores sobre o mural de curiosidades. Os alunos ditam o texto, e o professor o escreve. Esse convite pode ser enviado por e-mail ou entregue pessoalmente pelos alunos.
No trabalho das crianças, caso haja escritas não alfabéticas, é necessário que sejam legendadas. Não “corrija” as escritas não alfabéticas, apenas acrescente as legendas e esclareça os alunos que é preciso fazer isso para que todas as pessoas compreendam o que está escrito. É interessante que um texto explicativo para os pais e demais alunos da escola fique afixado no mural contando sobre o processo de pesquisa, leitura e escrita das crianças e esclarecendo que essas escritas foram mantidas porque traduzem o que realmente sabem sobre o sistema de escrita, valorizando o empenho delas em escrever da melhor maneira que podem.

SUGESTÕES PARA VERIFICAR E ACOMPANHAR A APRENDIZAGEM DOS ESTUDANTES
Acompanhe a aprendizagem dos alunos por meio de pautas de observação. Crie uma tabela, ou planilha, em que as colunas indiquem os seguintes critérios de avaliação:

A. Lê e identifica palavras e pequenos títulos.
B. Conhece a estrutura e a função dos textos informativos, utilizando esse conhecimento para procurar palavras.
C. Reconhece palavras conhecidas em textos.
D. Utiliza palavras estáveis (listas da classe e lista de nomes da turma) para ler e escrever palavras e títulos.
É importante considerar que a alfabetização é um processo que tem ritmos diferentes para cada um. Por isso, a pauta deve ajudar o professor a verificar se os alunos estão avançando. Compare as primeiras aproximações aos textos informativos com as feitas nas últimas etapas.

PROPOSTA DE AUTOAVALIAÇÃO
Explique aos alunos que uma boa maneira de aprender e continuar aprendendo é fazer uma autoavaliação periodicamente, ou seja, refletir sobre o que aprenderam e em quais conteúdos podem melhorar, seja porque precisam de mais ajuda, seja porque precisam dedicar-se com mais empenho. 
Durante a alfabetização, cada criança deve ser avaliada individualmente, em relação a si mesma. Ainda que o objetivo seja que todas compreendam o sistema de escrita e estejam alfabéticas até o final do ano, esse processo é diferente e tem ritmos diferentes para cada uma. Por isso, a autoavaliação deve focar na postura e nas atitudes ao longo da sequência. Do contrário, os alunos podem ser levados a crer que ler o texto integral é o esperado nesse momento, o que pode inibi-los de continuar se empenhando e fazer com que se sintam inseguros em relação ao que já sabem.
Como nem todos os alunos leem com autonomia, é necessário que o professor faça a leitura em voz alta para que eles acompanhem.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nosso blog é gratuito, seja um colaborador e incentive nosso trabalho por apenas 4,99.