História 1ºano - Plano de aula BNCC EF01HI01 - História pessoal da criança

 


Título: História pessoal da criança
Duração: 2 aulas

Introdução
Para a criança do 1º ano, o reconhecimento dos vínculos pessoais, das diferenças e semelhanças entre o “eu” e o “outro” e do impacto da passagem do tempo na vida contribuem para a percepção de que todos somos seres únicos. Com o objetivo de fortalecer essas noções e ativar a memória do aluno, serão utilizadas nessa sequência atividades de identificação de características físicas e psíquicas ou emocionais e de objetos pessoais.

Objetivos de aprendizagem
Perceber as diferenças entre o “eu” e o “outro.
Objeto de conhecimento: As fases da vida e a ideia de temporalidade - passado, presente, futuro. 
(EF01HI01) Identificar aspectos do seu crescimento, por meio do registro das lembranças particulares ou de lembranças dos membros de sua família.

Identificar a passagem do tempo por meio de objetos e de mudanças físicas e psíquicas.
Objeto de conhecimento: As fases da vida e a ideia de temporalidade - passado, presente, futuro.
(EF01HI01) Identificar aspectos do seu crescimento, por meio do registro das lembranças particulares ou de lembranças dos membros de sua família.

Recursos e materiais necessários
Quadro, giz, fotos e objetos que os alunos trarão.

Desenvolvimento
Aula 1 – “Eu” de antes
Apresentação do tema: 2 minutos
Apresentação da foto e do objeto (de quando eram bebês) e troca com os colegas: 28 minutos
Observação e análise do que foi feito: 10 minutos

Prepare a aula com antecedência. Na aula anterior a esta, peça a cada aluno que traga um objeto de que gostavam muito quando eram bebês (pode ser um chapeuzinho, um par de meias, uma chupeta, um vestido, um brinquedo, etc.) e uma foto de si mesmos também dessa época.

Introduza a aula informando que vão se lembrar um pouco como eram quando bebês. 

Disponha os alunos sentados em círculo e incentive que cada um apresente o objeto trazido e responda às questões: O que é esse objeto? Para que era usado? Por que você gostava dele? Por que você não o usa mais? Anote na lousa o nome de cada objeto trazido pelos alunos.

Depois, disponha a turma em duplas e solicite que cada aluno troque de objeto com o colega.
Incentive-os a conhecer o objeto do outro. E instigue-os: Vocês gostaram do objeto do colega? O que acharam desse objeto? A expectativa é de que alguns gostem e outros não do objeto do colega; cada um com sua justificativa. Instrua que devolvam os objetos aos respectivos donos.

Peça então que cada um analise a própria fotografia de quando era bebê e pergunte: O que você sabe sobre essa foto? Quando ela foi tirada? Oque você estava fazendo? Ainda faz essa atividade? Como era seu cabelo, sua roupa, seus sapatos, etc.?

Após a apresentação, recolha as fotos e informe que serão usadas na próxima aula, quando serão devolvidas.

Finalize a aula comentando que quando eram bebês tinhas suas características físicas, seus sentimentos e suas preferências. E que há diferenças entre eles e os colegas. Procure levá-los a pensar essas diferenças sem julgamentos. Enfatize que cada pessoa é única, tem suas particularidades, e que isso é normal, não havendo um “certo” e outro “errado”.

Solicite para a aula seguinte que cada aluno traga uma foto atual de si e um objeto de que mais gostem hoje em dia (pode ser uma blusa, um brinquedo, um bicho de pelúcia, etc.).

Aula 2 – “Eu” de agora
Apresentação do tema: 2 minutos
Apresentação dos objetos atuais: 15 minutos
Comparação de fotos (antes e atual) e troca com os colegas: 15 minutos
Análise do crescimento com o tempo: 8 minutos
No início da aula, apresente o tema aos alunos, informando que vão aprender uma forma de perceber o crescimento deles analisando a foto antiga e a atual e o objeto que trouxeram no dia.

Trabalhe com a mesma estratégia da aula anterior: disponha os alunos sentados em círculo, incentive que cada um apresente o objeto trazido e responda às questões: O que é esse objeto? Para que você o usa agora? Por que você gosta dele? Por que você não o usava quando era bebê? Anote na lousa o nome de cada objeto trazido pelos alunos.

Depois, em duplas, e solicite que cada aluno troque de objeto com o colega. E instigue-os: Vocês gostaram do objeto do colega? O que acharam desse objeto? A expectativa é de que alguns gostem e outros não do objeto do colega; cada um com sua justificativa. Oriente-os a devolver os objetos aos respectivos donos.

A respeito da foto atual, questione os alunos: O que você sabe sobre essa foto? Quando ela foi tirada? O que você estava fazendo? Como está seu cabelo, sua roupa, seus sapatos, etc.? 

Em um segundo momento, devolva as fotos (de quando eram bebês) a cada aluno respectivamente. Organize-os em duplas, com a mesma formação da aula anterior. Proponha que observem e comparem a foto de quando eram bebês e a atual, que trouxeram no dia.

Peça que cada um reflita sobre sua própria imagem nas duas fotos. Oriente então que troquem as  fotos (ou seja, cada aluno fornece ao colega da dupla as duas imagens, a antiga e a atual). Um colega fala ao outro sobre as semelhanças e diferenças encontradas entre a foto antiga e a atual. Incentive a participação de todos e a percepção das características próprias e das dos outros.

Como reflexão, conduza-os a analisar: O que existe em ambas as fotos que identifica e favorece o reconhecimento de cada um? Por exemplo, o aluno de olho claro, ou aquele com cabelos cacheados.

Depois, busque ressaltar as diferenças. Conclua a aula esclarecendo à turma que, com o tempo, algumas características permanecem e outras mudam; e os gostos e preferências de cada aluno não necessariamente são os mesmos dos do colega. No entanto, devemos respeitar as diferenças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário