Sistema Sol, Terra e Lua - Atividade 8ºano com gabarito - EF08CI12

 


Foto da Lua, avistada da Terra durante o fenômeno Lua de Sangue.

Fabiana olhou para o céu em uma noite e observou a ocorrência do fenômeno denominado Lua
de Sangue, como representado na imagem acima:

a) Quando esse fenômeno ocorre, quais as posições relativas do Sol, da Terra e da Lua?
b) Em qual fase a Lua estava nessa noite? 

Objeto de conhecimento:
Sistema Sol, Terra e Lua

Habilidade
(EF08CI12) Justificar, por meio da construção de modelos e da observação da Lua no céu, a ocorrência das fases da Lua e dos eclipses, com base nas posições relativas entre Sol, Terra e Lua.

Grade de correção
a) O estudante reconheceu a Lua de Sangue como um eclipse lunar e explicou que durante a ocorrência desse fenômeno a Terra fica exatamente entre o Sol e a Lua, e por isso a sombra da Terra é projetada sobre a Lua, encobrindo-a total ou parcialmente.
b) O estudante identificou que o eclipse lunar ocorre na fase da lua cheia, pois nessa ocasião a Terra está entre o Sol e a Lua.

X
a) O estudante não compreendeu que o fenômeno representado é um eclipse lunar e não explicou as posições relativas do Sol, da Terra e da Lua. Também é possível que o estudante tenha interpretado, equivocadamente, a imagem evidencia um eclipse solar e por isso considere que a Lua fica exatamente entre a Terra e o Sol. 

b) O estudante não identificou a fase da lua cheia na noite do eclipse lunar. 

Orientações sobre como interpretar as respostas e reorientar o planejamento com base nos resultados
Os estudantes que erraram esta questão não compreenderam as posições relativas da Terra, do Sol e da Lua durante eclipses lunares. Para reforçar esse conteúdo, o professor pode pedir aos estudantes que, em grupos de cinco integrantes, façam um desenho representando as posições da Lua, do Sol e da Terra durante um eclipse lunar e, a seguir, discutam as conclusões com a classe. Os estudantes também devem pesquisar fotos de eclipses, a frequência com que podem ser observados e explicar o motivo de não ocorrerem com tanta frequência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário