EF09HI02 - Primeira República - Exercício 9ºano com gabarito

Sobre o período da Primeira República, que vai de 1889 a 1930, compreende-se que:

a) se tratou de um período bastante homogêneo, uma vez que por todo esse tempo foram os militares que governaram o país, mantendo assim a estabilidade social e econômica por todos esses anos.

b) foi um período em que a população obteve plenos direitos, como é o caso do sufrágio universal, da garantia do direito à moradia e escolarização a todos, além de grandes avanços na ciência e na saúde pública.

c) houve projetos em disputa, como dos militares e latifundiários, sendo que o país passou por um período inicial governado pelos militares e um período atendendo aos interesses da elite cafeeira.

d) mostrou o predomínio político das elites cafeeiras em todo o período, que controlaram desde o início da República o eleitorado brasileiro, com práticas políticas coercitivas como o “coronelismo” e o “voto de cabresto”.

e) apresentou características plenamente democráticas e que permitiram a participação política de todos os grupos e minorias da população brasileira, contando, por esse motivo, com amplo apoio social.

Objeto de conhecimento:
Experiências republicanas e práticas autoritárias: as tensões e disputas do mundo contemporâneo
A proclamação da República e seus primeiros desdobramentos

Habilidade:
(EF09HI02)
Caracterizar e compreender os ciclos da história republicana, identificando particularidades da história local e regional até 1954.

Justificativas

a)
Não foi um período homogêneo. Observamos que o período de 1889 a 1894 é designado de República da Espada. Esse período atendia ao projeto dos militares, que visava um governo centralizado e propagava um ideário positivista. Em seguida há as Repúblicas oligárquicas, representadas pelos grandes latifundiários.

b) e e)
A Primeira República foi um período no qual houve grande convulsão social em relação às medidas impopulares de governos da República oligárquica e às tentativas de centralização dos militares. Também houve episódios problemáticos na economia, como é o caso da crise do encilhamento.

c)
Houve três projetos para República, dentre esses incluíam-se o projeto dos militares e dos latifundiários. O projeto centralizador e positivista dos militares realizou-se na chamada República da Espada, enfrentando conflitos que decorrem desse viés centralizador: como é o caso da Revolta Armada devido ao fechamento do congresso por Deodoro da Fonseca ou a Revolta dos Federados em Santa Catarina. O período seguinte, chamado República Oligárquica, tinha seu projeto liberal e federalista (ou seja, com autonomia das províncias) e foi marcado por conflitos em decorrência dos baixos padrões de vida da população relacionados aos privilégios das classes latifundiárias e da economia de importações.
(CORRETA)

d)
A República oligárquica não se estendeu de 1889 a 1930, mas sim de 1895 a 1930. Apesar de ocupar o maior período da chamada República Velha, não representou o seu todo. Deve-se lembrar de que o início da República foi marcado pelo governo militar.

Orientações sobre como interpretar as respostas e reorientar o planejamento com base nos resultados
O objetivo da questão é ter clareza da cronologia da República, compreendendo bem a divisão entre República da Espada e República Oligárquica, identificando as principais características dos dois momentos. Caso o aluno apresente dificuldades na questão, peça que cada um faça, em uma folha A4 ou no caderno, uma tabela com uma divisão entre “República da Espada” e “República Oligárquica”, identificando suas tendências políticas, econômicas, ideológicas e os conflitos que estão envolvidos nessa República. Espera-se que o aluno compreenda que houve diferenças significantes entre os dois períodos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário