Transformações do Rio de Janeiro - Exercício 9ºano EF09HI05


“Separou-se assim o ócio do trabalho, porque o primeiro já não tolerava a convivência com o segundo, ao contrário do que fora a tônica da sociedade do Império. O mundo do trabalho torna-se assim invisível para a sociedade burguesa. Ele é realizado longe dos seus olhos, em locais distantes; a energia elétrica flui em fios que estão acima do seu campo de visão, a água corre em encanamentos subterrâneos, a coleta do lixo e os reparos nas instalações são feitos à noite, os alimentos são comprados embalados e esterilizados, os carros têm o motor encoberto e só os estofamentos luxuosos ficam à vista. Verifica-se toda uma estratégia de ocultamento do universo do trabalho: os motoristas e condutores ficam isolados numa cabine à parte; os empregados públicos e domésticos são submetidos a uniformes que identificam a posição, as tarefas e o espaço que lhes cabe; as cozinhas e respectivos empregados desaparecem das vistas dos restaurantes [...]. Evidentemente, nesse mundo em que não se deseja ver o trabalho, também não se suporta a visão da doença, da rebeldia, da loucura, da velhice, da miséria ou da morte, que são todas excluídas para os sanatórios, prisões, hospitais, asilos, albergues e necrotérios.”

SEVCENKO, Nicolau. A revolta da vacina: mentes insanas em corpos rebeldes. São Paulo: Cosac Naify, 2014. (e-book).

A respeito do texto acima, podemos afirmar que:

a) O novo projeto urbanístico do Rio de Janeiro pressupunha muito mais do que uma mudança na arquitetura da cidade, modificando profundamente as relações sociais.

b) O trabalho braçal era visto como indesejável, o que levava grande parte da população a preferir o desemprego.

c) As reformas urbanísticas visavam melhorar as condições de moradia das populações carentes, para que a cidade pudesse se assemelhar mais ao modelo europeu imposto.

d) As transformações arquitetônicas, embora superficiais, ajudavam a melhorar a imagem do Brasil e do Império no cenário internacional.

e) A modernização das cidades seguiu acompanhada da modernização dos ofícios, melhorando a qualidade de vida dos trabalhadores.

Habilidade avaliada
EF09HI05: Identificar os processos de urbanização e modernização da sociedade brasileira e avaliar suas contradições e impactos na região em que vive.

Gabarito: a

Comentário para o professor
Esta questão trata do processo de urbanização do Rio de Janeiro, que visava transformar a paisagem da cidade desde o ponto de vista arquitetônico até o cultural, especialmente no que se refere à circulação de pessoas e delimitação de espaços sociais. Com exceção da alternativa a, que está correta, as demais alternativas não podem ser consideradas, ao afirmarem, por exemplo, a existência de uma suposta preferência da população pobre ao desemprego ou ao considerarem que, com as reformas urbanas, houve uma melhora na condição de vida dos trabalhadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário