Interpretação de conto 9ºano - EF69LP47 - Gabarito e PDF

PDF - VERSÃO DO ALUNO PARA BAIXAR E SALVAR

Para responder às questões 1 e 2, leia e analise este fragmento de um conto de suspense e mistério, escrito por Lygia Fagundes Telles.

A caçada

A loja de antiguidades tinha o cheiro de uma arca de sacristia com seus panos embolorados e livros comidos de traça. Com as pontas dos dedos, o homem tocou numa pilha de quadros. Uma mariposa levantou voo e foi chocar-se contra uma imagem de mãos decepadas.
— Bonita imagem — disse.
A velha tirou um grampo do coque e limpou a unha do polegar. Tornou a enfiar o grampo no cabelo. [...]
Ele então se voltou lentamente para a tapeçaria que tomava toda a parede no fundo da loja. Aproximou-se mais. A velha aproximou-se também.
— Já vi que o senhor se interessa mesmo é por isso. Pena que esteja nesse estado.
O homem estendeu a mão até a tapeçaria, mas não chegou a tocá-la.
— Parece que hoje está mais nítida…
— Nítida? — repetiu a velha, pondo os óculos. Deslizou a mão pela superfície puída. — Nítida como?
— As cores estão mais vivas. A senhora passou alguma coisa nela?
A velha encarou-o. E baixou o olhar para a imagem de mãos decepadas. O homem estava tão pálido e perplexo quanto a imagem.

TELLES, Lygia Fagundes. A caçada.
Disponível em: <www.companhiadasletras.com.br/trechos/13149.pdf>.

1. Nesse trecho , há elementos que contribuem para envolver o leitor em uma atmosfera de suspense e mistério. Quais são esses elementos? Justifique sua resposta.

Prática de linguagem: 
Leitura

Objeto(s) de conhecimento:
Reconstrução da textualidade e compreensão dos efeitos de sentidos provocados pelos uso de recursos linguísticos e multissemióticos

Habilidade:
(EF69LP47)
Analisar, em textos narrativos ficcionais, as diferentes formas de composição próprias de cada gênero, os recursos coesivos que constroem a passagem do tempo e articulam suas partes, a escolha lexical típica de cada gênero para a caracterização dos cenários e dos personagens e os efeitos de sentido decorrentes dos tempos verbais, dos tipos de discurso, dos verbos de enunciação e das variedades linguísticas (no discurso direto, se houver) empregados, identificando o enredo e o foco narrativo e percebendo como se estrutura a narrativa nos diferentes gêneros e os efeitos de sentido decorrentes do foco narrativo típico de cada gênero, da caracterização dos espaços físico e psicológico e dos tempos cronológico e psicológico, das diferentes vozes no texto (do narrador, de personagens em discurso direto e indireto), do uso de pontuação expressiva, palavras e expressões conotativas e processos figurativos e do uso de recursos linguístico-gramaticais próprios a cada gênero narrativo.

Grade de correção

100%
A partir da análise do conto, o aluno responde, por exemplo, que a ambientação e o personagem que entra na loja de antiguidades contribuem para envolver o leitor em uma aura de suspense e mistério. Ele justifica que a descrição do ambiente suscita um local pouco acolhedor, como o odor de coisas velhas, uma mariposa que levantou voo (uma criatura da noite), uma imagem ameaçadora de mãos decepadas e uma tapeçaria em mau estado pela qual o personagem estranhamente se interessa.

Espera-se que o aluno perceba também que a pouca informação sobre o homem, bem como sua fala, seu interesse vago e obscuro e o fato de estar tão pálido e perplexo diante do objeto intensificam o mistério e o suspense da narrativa.

50%
O aluno identifica os elementos que contribuem para envolver o leitor em suspense e mistério, no entanto não os analisa. Dessa forma, o estudante não justifica sua resposta.

0%
O aluno não identifica os elementos nem justifica sua resposta. Outra possibilidade é o aluno fugir ao texto, apontando, por exemplo, que há elementos sobrenaturais no conto.

Orientações sobre como interpretar as respostas e reorientar o planejamento com base nos resultados
Leve contos de mistérios, terror e suspense para a sala de aula e distribua-os para os alunos. Peça-lhes que os leiam e, em seguida, com a ajuda da turma, liste na lousa elementos que contribuem para a criação dessa atmosfera na narrativa. Perguntas como: Você sentiu medo ao ler esse texto? Por quê? Qual o mistério que envolve esse conto? Como o ambiente e os personagens foram descritos? Auxilie os alunos na análise desses elementos que constituem o conto.

2. O fragmento lido é a introdução do conto de Lygia Fagundes Telles. Considerando a progressão que o narrador imprime à narrativa, como os personagens são apresentados ao leitor? Quais são suas características?

Prática de linguagem:
Leitura

Objeto (s) de conhecimento:
Reconstrução da textualidade e compreensão dos efeitos de sentidos provocados pelos usos de recursos linguísticos e multissemióticos

Habilidade
(EF69LP47) 

Grade de correção

100%

O aluno analisa que há poucas informações sobre os personagens e que eles são descritos pouco a pouco ao longo da introdução. A narrativa é construída de forma que detalhes fiquem suspensos, obscuros. O aluno percebe que a dona da loja é uma senhora idosa de óculos, com um coque preso com grampos; acerca do homem, o aluno observa que ele estava pálido e estranhamente perplexo pela imagem. 

50%
O aluno responde que há poucas informações sobre os personagens, o que contribui para o suspense da narrativa. No entanto, ele não os caracteriza.

0%
O aluno não analisa a forma com que os personagens são apresentados pelo narrador nem os caracteriza.

Orientações sobre como interpretar as respostas e reorientar o planejamento com base nos resultados

Leve o conto A caçada, de Lygia Fagundes Telles, para a sala de aula e leia-o com os alunos. Realize uma leitura pausada, de modo a motivar os alunos a fazerem análises ao longo da narrativa. Peça-lhes que anotem no caderno as características dos personagens e do espaço, em que tempo a narrativa se passa, qual é o conflito e quais são as ações que giram em torno desse conflito. Proponha que relacionem essas características aos elementos dos contos que analisaram anteriormente, observando também recursos coesivos, o uso dos tempos verbais, os critérios de escolha do vocabulário próprio do gênero. Em seguida, faça a correção com a turma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário