Metáfora - Exercício 7ºano - Gabarito - Poema Ah, um Soneto - Álvaro de Campos (EF67LP38)

PDF - VERSÃO DO ALUNO PARA BAIXAR E SALVAR

Leia o poema Ah, um Soneto, de Álvaro de Campos, um dos heterônimos de Fernando Pessoa.

Ah, um Soneto...

Meu coração é um almirante louco

que abandonou a profissão do mar

e que a vai relembrando pouco a pouco

em casa a passear, a passear...

No movimento (eu mesmo me desloco

nesta cadeira, só de o imaginar)

o mar abandonado fica em foco

nos músculos cansados de parar.

Há saudades nas pernas e nos braços.

Há saudades no cérebro por fora.

Há grandes raivas feitas de cansaços.

Mas — esta é boa! — era do coração

que eu falava... e onde diabo estou eu agora

com almirante em vez de sensação? ...

CAMPOS, Álvaro de. In: Poemas de Álvaro de Campos. PESSOA, Fernando. Ah, um Soneto... Disponível em:
<www.dominiopublico.gov.br/download/texto/jp000011.pdf>. 

Glossário:
Almirante:
oficial da marinha.

A metáfora presente no primeiro verso da primeira estrofe do poema permite ao leitor

a) constatar como a vida no mar é instável.

b) perceber como a saudade é constante na vida de um almirante.

c) deduzir como sofre o eu lírico com a vida no mar.

d) associar o sentimento do eu lírico a algo instável.

GABARITO COMENTADO

Prática de Linguagem:
Análise linguística/semiótica

Objeto(s) de conhecimento:
Figuras de linguagem

Habilidade:
(EF67LP38) Analisar os efeitos de sentido do uso de figuras de linguagem, como comparação, metáfora, metonímia, personificação, hipérbole, dentre outras.

Justificativas

a
O aluno não percebe que o poema menciona o mar como metáfora para os sentimentos do eu lírico.

b
O aluno desconsidera que o termo “almirante” citado no primeiro verso apenas serve para falar sobre o sentimento, não possuindo sentido literal. O aluno pode ter se confundido com estrofes posteriores em que a saudade é mencionada de maneira veemente.

c
O aluno não percebe que o poema menciona o mar como metáfora para os sentimentos do eu lírico.

d
O aluno analisa adequadamente que a metáfora presente no primeiro verso do poema remete à instabilidade do sentimento do eu lírico. Isso pode ser percebido não só pelo fato de ser usado “almirante”, profissional que lida com o mar, que não é estável e cujas águas vão e vêm, como também pelo uso do adjetivo “louco”, deixando ainda mais evidente o sentimento. (CORRETA)

Orientações sobre como interpretar as respostas e reorientar o planejamento com base nos resultados

Para o aluno que apresenta dificuldade em reconhecer os efeitos de sentidos produzidos pelas figuras de linguagem, sugere-se que na leitura de poema, por exemplo, se analise a metáfora presente nele e, em seguida, converta o sentido dela para a linguagem comum. Depois peça ao aluno que aponte, na comparação entre as versões, que impressões ele pode perceber e se há diferenças estilísticas entre elas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário