EF09HI03, EF09HI04 - Exercício sobre a Revolta da Chibata

 


(EF09HI03) Identificar os mecanismos de inserção dos negros na sociedade brasileira pós-abolição e avaliar os seus resultados.

(EF09HI04) Discutir a importância da participação da população negra na formação econômica, política e social do Brasil.

Episódios como o da Revolta da Chibata expressam a insatisfação das camadas mais vulneráveis da sociedade, em especial da população negra, com as condições de vida às quais eram submetidas. Dos motivos listados abaixo, qual melhor explica a situação social dos negros na Primeira República:

(a) O fato de o movimento negro recusar-se a manter relações com as oligarquias impedia-o de ter qualquer tipo de progresso.
(b) Como os setores negros da sociedade recusavam-se a tomar as vacinas obrigatórias, eles acabavam sendo excluídos e marginalizados.
(c) A dificuldade em se adaptar à modernização proposta pelo governo republicano pode explicar as péssimas condições de vida dessa parcela da população.
(d) O exército dava preferência em suas ações às populações negras, que eram as únicas a aceitar as condições oferecidas.
(e) Apesar de a escravidão ter sido abolida em 1888, a Primeira República carrega uma herança muito forte do escravismo.
Alternativa E
A questão objetiva demonstrar a continuidade histórica do escravismo. Ao assinalar as alternativas A, B, C e D, o aluno talvez esteja indiretamente atribuindo suas condições sociais às dos negros, não percebendo as permanências advindas do período escravista, que impunha determinadas situações a essas populações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário