Questão dissertativa História 8ºano - Iluminismo e liberalismo - Direito à privacidade

 Leia o texto a seguir e faça o que se pede.  

“A privacidade é um direito fundamental de qualquer cidadão, consagrado na [...] Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, documento culminante da Revolução Francesa (1789) [...]. 

Antes mesmo da declaração francesa, leis de direitos civis na Inglaterra do século XVII já proibiam a Coroa de interceptar cartas ou invadir domicílios sem autorização judicial. Na época, o que se queria proibir era a violação das casas por coletores de impostos. Garantir esse direito, em última instância, é zelar pela democracia, à qual a privacidade está intimamente ligada.

Nos últimos anos, o advento da internet ampliou a liberdade de expressão e o acesso de direitos civis, como a cultura e a educação, a tal ponto que a ONU declarou, em 2011, o acesso à rede como direito fundamental do ser humano. Paralelamente, porém, a preocupação da comunidade internacional com a garantia à privacidade na internet é crescente.”

SENADO FEDERAL. Riscos à privacidade preocupam a sociedade. Em Discussão, n. 21, jul. 2014.

Disponível em:
<https://www12.senado.leg.br/emdiscussao/edicoes/espionagem-cibernetica/contexto-a-guerra-nao-declarada/riscos-a-privacidade-preocupam-a-sociedade>

a) De acordo com o texto, que direito presente na Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, aprovada em 1789, pode estar ameaçado na sociedade contemporânea?

b) Você concorda com o texto? Justifique sua resposta com exemplos.

Habilidades 
(EF08HI01) Identificar os principais aspectos conceituais do iluminismo e do liberalismo e discutir a relação entre eles e a organização do mundo contemporâneo. 
– Trabalhada parcialmente na questão, que trata de aspectos conceituais do iluminismo.
(EF08HI04) Identificar e relacionar os processos da Revolução Francesa e seus desdobramentos na Europa e no mundo. 
– Trabalhada parcialmente na questão, que trata dos desdobramentos da Revolução Francesa.

Respostas
a) Espera-se que os alunos identifiquem o direito à privacidade.
b) Embora a resposta seja pessoal, espera-se que os alunos mobilizem conhecimentos do seu cotidiano para identificar o fato de que, na sociedade informatizada de hoje, dados pessoais e bancários, por exemplo, podem ser hackeados, causando muitos problemas aos indivíduos e exposição pessoal. Além disso, o uso indevido de redes sociais pode colocar em risco a privacidade não só de quem compartilha suas fotos e textos, por exemplo, mas também a de pessoas que fazem parte de sua rede.

Avaliação das respostas e reorientações
Caso os alunos apresentem dificuldades para responder ao item a da questão, solicite a retomada da leitura do texto e do enunciado. Se a dificuldade apresentada for em relação à questão do item b, promova um debate com a turma acerca de exemplos de casos de invasão de privacidade identificados na internet. Se possível, debata também a necessidade de resguardar a imagem individual e a do outro, nos ambientes virtuais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário